quarta-feira, 8 de junho de 2011

Hemominas realiza cadastro de medula óssea em Araguari

A Fundação Hemominas realiza, nesta quinta-feira, 09 de junho, cadastro de medula óssea em Araguari. A ação será das 08h às 11h30, na Faculdade Unipac de Araguari, localizada na avenida Minas Gerais, 1889 – Centro. A expectativa é atender cerca de 200 candidatos para cadastro de medula óssea.

 

Para se cadastrar como candidato à doação de medula óssea é preciso ter entre 18 e 54 anos, boa saúde e não apresentar doenças, como as infecciosas ou as hematológicas. O candidato recebe todos os esclarecimentos sobre o processo de doação e, em seguida, é colhida uma pequena amostra de sangue (de 5 a 10 ml), que será submetida ao exame de classificação da medula (HLA) e enviada ao Redome - Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea.

 

No momento do cadastro, é indispensável a apresentação de documento oficial de identidade válido com foto. Durante a coleta da amostra de sangue, o candidato assina um Termo de Consentimento para que seus dados cadastrais, o resultado da tipagem HLA e os outros resultados dos exames de Histocompatibilidade/Imunogenética sejam incluídos no Redome. Quando surgir compatibilidade do doador com algum dos pacientes que aguardam o transplante, novos procedimentos vão garantir a efetivação da doação.

 

A chance de encontrar um doador com medula compatível entre não parentes é de 1 em 100 mil, devido à miscigenação do povo brasileiro. Para aumentar as possibilidades de transplante, é necessário que o número de candidatos à doação cresça no país. Se for encontrado um doador compatível, o mesmo é convidado a fazer, voluntariamente, a doação (o Inca mantém em sigilo a identidade do paciente).

 

 Agência Minas

 

-- 

farolcomunitario | rede web de informação e cultura
coletivo de imprensa